Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Estude no IFB > Perguntas Frequentes
Início do conteúdo da página

Perguntas frequentes - Estude no IFB

Criado: Sexta, 15 de Março de 2013, 18h22 | Última atualização em Terça, 03 de Outubro de 2017, 18h49 | Acessos: 30195

 

Quais os tipos de cursos que o Instituto Federal de Brasília oferece?

  • Cursos rápidos de formação inicial e continuada (FICs)
  • Cursos Técnicos
  • Cursos Superiores
  • Pós-graduação

 

Quanto custa para estudar no IFB?

Não custa nada. O IFB é uma instituição pública e gratuita.

 

Como faço para me inscrever em um curso do IFB?

Cada tipo de curso tem um processo seletivo diferente e todos se tornam públicos através de editais no site do IFB.  As inscrições normalmente são online (pela internet).

 

Quais as modalidades de cursos técnicos que o IFB oferece?

Técnico Integrado ao Médio - para quem terminou o Ensino Fundamental (9º ano) e tem menos de 18 anos

Técnico Integrado ao Programa de Educação de Jovens de Adultos - PROEJA - para quem concluiu o Ensino Fundamental e tem mais de 18 anos 

Técnico Subsequente - para quem já tem o Ensino Médio

Técnico Concomitante - para quem realiza o Ensino Médio no mesmo estabelecimento ou em instituição de ensino distinta com convênio com IFB

 

E quais as modalidades de cursos superiores que o IFB oferece?

Licenciatura – formação de professores que atuarem prioritariamente na educação básica

Tecnologia - formação especializada nas áreas científicas e tecnológicas

Bacharelado – formação abrangente

 

Como é o processo seletivo para cursos técnicos?

Por sorteio eletrônico.

 

Como é o processo seletivo para cursos superiores?

Por meio do SISU (Sistema de Seleção Unificada) e/ou pela nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio)

 

Como é o processo seletivo para a pós-graduação?

Para a pós-graduação lato sensu a seleção é por sorteio público e análise de títulos.

 

O IFB tem reserva de vagas para ações afirmativas?

Sim, para pessoa com deficiência (PCD), para autodeclarados pretos, pardos ou indígenas (PPI), para quem tem renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo (R) e para quem cursou integralmente o ensino anterior (fundamental ou médio) em escolas públicas (EP). 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página