Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Gama > Campus Gama realiza Oficinas de Extensão do Qualific Express
Início do conteúdo da página

Campus Gama realiza Oficinas de Extensão do Qualific Express

Criado: Terça, 09 de Maio de 2017, 20h23 | Publicado: Terça, 09 de Maio de 2017, 20h23 | Última atualização em Sexta, 12 de Maio de 2017, 12h06 | Acessos: 579

Foram realizadas, em março e abril desse ano, na comunidade do Alagado da Suzana, localizada no Gama-DF, e com as famílias dos egressos do Sistema Prisional, as oficinas “É brincando que se Aprende” e “Histórias e Origami”. O objetivo foi promover qualificação profissional nas áreas de recreação de festa infantil, cuidador de crianças e idosos, auxiliar em creches e escolas de educação infantil e, produção e comercialização de produtos artesanais, contribuindo para a inserção ou reinserção dessas pessoas no mercado de trabalho.

As oficinas foram realizadas graças ao compromisso firmado entre a Pró-Reitoria de Extensão do Instituto Federal de Brasília (PREX/IFB) e a Seara Espiritual a Caminho da Luz e o Grupo Católico de Evangelização penitenciária (GCEP). Até o momento, cerca de 120 pessoas participaram das oficinas já ofertadas. Segundo Luciana Guimarães, coordenadora dos projetos sociais da Seara Espiritual, “as oficinas contribuíram para acrescentar valores éticos, noções de sustentabilidade e conhecimentos necessários na formação educacional e moral às crianças atendidas”.

Na avaliação da professora Êrika Cruvinel, uma das idealizadoras das oficinas em conjunto com a também professora Sylvana Karla Santos, ambas do Campus Gama, "os projetos desenvolvidos além dos muros da instituição são uma grande oportunidade de escutar a comunidade e assim adequar o ensino às questões apresentadas pela sociedade".

As professoras estão em fase de planejamento para ofertar a segunda oficina “É Brincando que se Aprende” na comunidade do Alagado da Suzana. Dessa vez, a oficina será ofertada de forma vivencial utilizando-se como metodologia a Educação Biocêntrica e terá como foco a confecção de bonecas Abayomi.

A iniciativa do projeto conta ainda com a colaboração das parceiras Magali Melo (arteterapeuta) e Rafaela Fernandes Rocha (Psicóloga), e das estudantes Débora Augusta da Silva (Licenciatura em Dança), Karla Danielle Pereira (Tecnólogo em Logística), Keli Vila Nova (Proeja em Administração), Vanda Teles (Proeja em Administração) e Jennifer Vila Nova (Técnico em Alimentos).

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página