Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Planaltina > IFB recebe sudaneses para oferta de curso em parceria com outros Institutos Federais
Início do conteúdo da página

IFB recebe sudaneses para oferta de curso em parceria com outros Institutos Federais

Criado: Sexta, 18 de Maio de 2018, 18h36 | Publicado: Sexta, 18 de Maio de 2018, 18h36 | Última atualização em Segunda, 11 de Junho de 2018, 12h20 | Acessos: 622

Teve início nesta semana o curso “Sistema Integrado para Produção Agropecuária”, ofertado pelos Institutos Federais de Brasília, Triângulo Mineiro, Sudeste e Norte de Minas Gerais para 18 profissionais sudaneses. O grupo já está na Capital Federal participando das primeiras atividades oferecidas pelo Campus Planaltina do IFB.

Na manhã desta sexta-feira, 18 de maio, o grupo visitou a AgroBrasília, uma feira de tecnologias e negócios voltada a empreendedores rurais de diversos portes. No evento, a comitiva pode ter contato com técnicas e tecnologias nunca vistas antes por eles.

“É a primeira vez na vida que estamos vivenciando um evento como este, com uma tecnologia de altíssima geração. Com certeza vamos levar os conhecimentos dessas tecnologias para as nossas produções que hoje, infelizmente, ainda apresentam percentuais de perdas bem elevados”, conta Kamal Musa Adam.

Na atividade de ontem, o grupo conheceu sistemas de agroflorestas, uma novidade também para Kawthar Mahmoud Aseel. “No Sudão estamos vivendo uma tendência de utilizar fertilizantes orgânicos que não sejam agroquímicos e vamos levar para lá esses sistemas agroflorestais que, certamente, serão muito úteis para o nosso país”, espera a estudante.

O grupo é composto por funcionários do Ministério da Agricultura e Florestamento, Conselho Nacional de Educação Técnico e Tecnológica, Projeto Nacional para Produção de Animal e Horticulturas, Companhia de Açúcar Sudanesa e Companhia de Açúcar Kenana.

 

Brasil e Sudão

Esse é o segundo curso que o Instituto Federal de Brasília oferece para nativos do país africano. Em 2015, outros 20 profissionais sudaneses foram capacitados em “Tópicos especiais em agropecuária para o ensino técnico e tecnológico”.

“No curso passado houve uma repercussão muito grande lá no Sudão. Todos os profissionais capacitados foram contratados de imediato pela agroindústria do país, com um impacto bastante positivo para o desenvolvimento da área”, exalta o reitor do IFB, Wilson Conciani.

A experiência da primeira turma foi tão positiva que o embaixador sudanês no Brasil entregou uma carta do governo do Sudão apresentando os relatos sobre os impactos do curso no país e pedindo que o IFB aumentasse a oferta.

Durante o ConectaIF 2017, houve contato com reitores de outros IF’s para que a oferta do curso fosse realizada em Rede, onde várias unidades pudessem atuar em áreas com especificidades regionais.

Além do curso desenvolvido atualmente, a proposta é que em um segundo momento também seja oferecido uma outra capacitação, só que dessa vez in loco, com os professores brasileiros indo para o Sudão.

 

Próximos Passos

O grupo permanece no Campus Planaltina até domingo, dia 20, quando seguem para uma semana no Campus Uberaba do Instituto Federal do Triângulo Mineiro. De 27 de maio a 2 de junho será a vez do Campus Barbacena do IFSudesteMG receber a comitiva e, em seguida, de 3 a 9 de junho, as atividades acontecem no Campus Rio Pomba, também do IFSudesteMG. Ainda no mesmo estado, partem para mais uma semana de estudos, de 10 a 16 de junho, no Campus Arinos do Instituto Federal do Norte/MG.

Entre os dias 16 e 18 de junho eles retornam ao IFB para finalização das atividades e uma cerimônia de conclusão do curso, com a certificação dos participantes.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página