Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Estágio

Última atualização em Sexta, 13 de Abril de 2018, 21h05 | Acessos: 46751

Estágio curricular

No IFB, o estágio curricular é considerado um ato educativo supervisionado que é desenvolvido no ambiente de trabalho com os objetivos de articular teoria e prática e preparar o educando para o trabalho produtivo. 

Nos campi, a Coordenação de  Estágio orienta os processos, divulga vagas e disponibiliza a documentação necessária para efetivação do estágio. O estudante deve procurar essa coordenação para obter informações e dar encaminhamento ao estágio.

Todo estágio deve ser realizado na área de formação do estudante e deve ser formalizado através da celebração de Termo de Compromisso.

Os estágios podem ser obrigatórios ou não obrigatórios, conforme estabelecido no Plano de Curso:

 

Estágio Obrigatório

É o estágio com cumprimento obrigatório de carga horária estipulada pelo Plano de Curso, sendo um componente curricular essencial para a obtenção do certificado/diploma. No estágio obrigatório o pagamento da bolsa de estágio pela empresa é opcional e a responsabilidade pela contratação do seguro contra acidentes de trabalho, poderá, alternativamente, ser assumida pela instituição de ensino. O estágio obrigatório pode ser realizado após a aprovação em todas as disciplinas do curso, desde que dentro do período de integralização. Quando a carga horária de estágio extrapola a definida como obrigatória, o estágio passa a ser considerado como não obrigatório. 

Para maiores informações, acesse a Lei do Estágio Nº 11.788, DE  25 DE SETEMBRO DE 2008, aqui

 

Estágio Não Obrigatório

É o estágio realizado a partir da opção do estudante, não estando condicionado à obtenção do certificado/diploma. Não exige cumprimento de carga horária mínima e pode durar até dois anos. As horas de estágio não obrigatório são registradas como Carga Horária Complementar no histórico do estudante. No estágio não obrigatório, a instituição concedente deve pagar uma bolsa de estágio  para o estudante, fornecer auxílio transporte e contratar seguro contra acidentes de trabalho para os estagiários. Mesmo sendo não obrigatório, o estágio deve ser realizado na área de formação do estudante, pois é um ato educativo.  

Além das duas modalidades de estágio, há alternativas que equivalem ao estágio obrigatório. Caso o estudante já trabalhe em sua área de formação acadêmica,  pode ser solicitada a dispensa por reconhecimento de prática profissional como estágio, mediante requerimento específico e deferimento. Também as atividades de monitoria, pesquisa e extensão podem ser aproveitadas como estágio obrigatório, mediante requerimento específico e deferimento. Em ambos os casos, é necessária a apresentação de Relatório Final de Atividades.

 

Clique aqui e fique por dentro das oportunidades de estágio.

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página