Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Recanto das Emas > Egressa do curso Tertúlia Literária Dialógica e Letras Espanhol apresenta trabalho em Cuba
Início do conteúdo da página

Egressa do curso Tertúlia Literária Dialógica e Letras Espanhol apresenta trabalho em Cuba

Criado: Terça, 10 de Abril de 2018, 18h08 | Publicado: Terça, 10 de Abril de 2018, 18h08 | Última atualização em Terça, 10 de Abril de 2018, 18h11 | Acessos: 438

A ex-estudante do Instituto Federal de Brasília Rute da Silva Nascimento apresentou, entre os dias 27 a 31 de março, o trabalho intitulado “Tertúlia Musical Dialógica em el Curso de Letras/Español: Cultura Latinoamericana, Fruición y Pertencia”. A apresentação foi realizada no “Congresso Internacional Lectura 2018: para leer el XXI” realizado em Havana, Cuba. Rute realizou os cursos de Tertúlia Literária Dialógica, Licenciatura em Letras – habilitação Espanhol e o projeto Tertúlia Musical Dialógica no IFB.

O trabalho apresentado

O artigo apresentado pela estudante é resultado de trabalho de Conclusão de Curso de Licenciatura em Letras habilitação Espanhol. Rute se formou em 2017. O material foi apresentado em espanhol e, também, publicado neste mesmo idioma nos Anais do Congresso.

De acordo com a professora Jane Christina Pereira, foi observada a necessidade de se ampliar o conhecimento dos estudantes do Curso de Licenciatura em Letras Espanhol sobre a cultura da América Latina. A partir dessa necessidade, foi planejada a utilização da Tertúlia Musical Dialógica como instrumento pedagógico capaz de ampliar esse conhecimento. A professora Jane é coautora do artigo publicado pela estudante Rute.

Ela conta que o trabalho é resultado de projeto desenvolvido no IFB. “Foi traçado um panorama sobre conceitos e fundamentos da Tertúlia Musical Dialógica; se analisou a formação dos estudantes da Licenciatura em Letras – habilitação Espanhol, no IFB; e se construiu a proposta da Tertúlia Musical Dialógica”, escreve a professora.

No artigo publicado, Rute conta que a ideia de criar a Tertúlia Musical Dialógica surgiu quando ela mesma fez um concurso público para professora de Espanhol no Governo do Distrito Federal. A prova tinha como requisito a elaboração de uma redação com o tema “Cuba se despede de Fidel”.

O tema cobrado na prova deixou muitos concorrentes perplexos pois não seriam capazes de refletir sobre questões ligadas aos países da América Latina. Essa mesma ausência de conhecimento sobre a cultura hispano-americana estava presente entre seus colegas de curso, da Licenciatura em Letras – habilitação Espanhol, diz Rute.

O que é Tertúlia Musical Dialógica

Jane explica que a Tertúlia Musical Dialógica é semelhante à Tertúlia Literária Dialógica (TLD). A TLD foi criada na Espanha, mais precisamente na Verneda de Sant Martí, em Barcelona, no ano de 1978.  A Tertúlia Literária Dialógica é uma reunião de pessoas, na qual acontece a leitura e o diálogo sobre o lido em inter-relação com o vivido.

Trata-se de uma atividade cultural e educativa, que possui os seguintes princípios, formulados por Ramón Flecha a partir, fundamentalmente, do conceito de dialogicidade de Paulo Freire: diálogo igualitário; inteligência cultural; transformação; dimensão instrumental; criação de sentido; solidariedade; igualdade das diferenças.

A Tertúlia Musical Dialógica é realizada da mesma maneira que a Tertúlia Literária Dialógica e os mesmos princípios as estruturam, tendo como única diferença a música em substituição aos textos literários. No caso específico dessa pesquisa, as músicas escolhidas devem ser de países latino-americanos e possuírem valor estético e histórico, com temas análogos ao brasileiro: desigualdades, exclusão social, pobreza, exploração imperialista, riqueza cultural e as formas de expressão.

Fim do conteúdo da página