Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Reitoria > Espaço cultural do IFB com mostra sobre a Armênia agrada alunos
Início do conteúdo da página

Espaço cultural do IFB com mostra sobre a Armênia agrada alunos

Criado: Quarta, 06 de Dezembro de 2017, 21h00 | Publicado: Quarta, 06 de Dezembro de 2017, 21h00 | Última atualização em Quinta, 07 de Dezembro de 2017, 18h49 | Acessos: 181

O Instituto Federal de Brasília (IFB) abriu hoje seu espaço cultural para realização da exposição de arte da Armênia, com a presença do artista plástico Chavarch Khatchatrian. Ao todo 30 obras entre pinturas, esculturas, gráficos e colagens do artista Khatchatrian e de Armenak Karapetian e Armen khojoyan estão expostas no espaço cultural do IFB, no Campus Brasília.

Os autores têm histórias distintas e suas obras refletem o ciclo da vida do homem marcado pelo ritmo do dia e da noite, da lua cheia e da nova, da maré baixa e da alta, das estações do ano, que fazem o homem pensar, refletir, e sentir sobre sua vida, ontem, hoje e amanhã. Os quadros também explicitam a diversidade cultural característica da Armênia. O encontro artístico tem como objetivo conduzir uma profunda reflexão aos participantes: quem somos e para onde vamos em um universo marcado pela pluralidade e diversidade cultural.

Durante a abertura, o assessor Francisco Póvoas, representou o reitor do IFB e ressaltou a importância do momento. "Temos muito a aprender com o povo armênio, seus valores, beleza e arte são um reflexo da força de seu povo. Também estavam muito animadas com o funcionamento novo espaço, Laura Cruz e Mariella Carvalho, ambas bibliotecárias do IFB Campus Brasília, foram presenteadas com esculturas dos artistas.  Como apresentação cultural, a bailarina Ana Júlia Ferreira, realizou uma performance contemporânea ao som da Sinfonia de Bach.

 

"Estou extremamente feliz e emocionado com a oportunidade de apresentar nossos trabalhos no Brasil", agradeceu o artista Chavarch Khatchatrian. Na ocasião, ele fez um breve relato sobre a concepção dos trabalhos apresentados e como foi estruturada a exposição. Já o embaixador da Armênia valorizou o reconhecimento do IFB como instituto educacional e a aproximação cultural por meio da arte. " A arte é um excelente meio para passarmos uma mensagem. Em minha infância, li Cervantes e consegui entender um pouco da mensagem da humanidade. É preciso aproveitar a vida e vivê-la."

Wesley Lopes, estudante do curso técnico em Serviços Públicos do IFB elogiou muito o novo espaço. "Gostei muito de visitar a mostra e principalmente de ver as esculturas. É muito importante este tipo de contato e, se torna uma oportunidade de conhecermos outros culturas em nosso ambiente educacional", comentou ele.

A assessora internacional do IFB, professora Edna Azevedo, um das realizadoras da exposição acredita que a arte tem uma linguagem universal. "A arte desconhece fronteiras territoriais e aproxima diferentes países. A iniciativa visa impulsionar a apreciação artística e o intercâmbio cultural entre países.", afirmou.

Breve biografia 

Chavarch Khatchatrian nasceu em Yerevan, em 1957. Ele estudou na Escola de Belas-Artes, em Ierevan, na Armênia. Em 1986 concluiu a Academia de Artes em Vilnius, Lituânia. Atualmente é artista autônomo e escultor em Berlim.

Armenak Karapetian nasceu em Yerevan, em 1959. Possui graduação na Escola de Belas-Artes, em Ierevan, na Armênia. Em 1988 concluiu a Academia de Artes em Ierevan, Armênia. Atualmente é artista autônomo em Praga. Sintetizadas em telas, suas ideias e emoções viajaram pelo mundo e podem ser encontradas em exposições públicas e coleções particulares por diferentes países.

Armen Khojoyan nasceu em Yerevan, em 1959, estudou na Escola de Belas-Artes, Ierevan, na Armênia. Em 1990 concluiu a Academia de Artes em Ierevan, Armênia. Desde 1999 é membro eleito na comissão artística da UNESCO, além de possuir várias exposições na Armênia, e coleções particulares.

Visite a Exposição Armênia

IFB Campus Brasília/ Biblioteca, acesso pela L2 Norte 610 - Asa Norte

Período: 7 a 13 de dezembro de 2017, das 8 h às 21 horas

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página