Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Riacho Fundo > Campus Riacho Fundo recebe palestra sobre o Slow Food
Início do conteúdo da página

Campus Riacho Fundo recebe palestra sobre o Slow Food

Criado: Quarta, 06 de Setembro de 2017, 23h03 | Publicado: Quarta, 06 de Setembro de 2017, 23h03 | Última atualização em Sexta, 08 de Setembro de 2017, 16h24 | Acessos: 330

Os estudantes e professores do Campus Riacho Fundo do Instituto Federal de Brasília (IFB) participaram, na tarde desta quarta-feira, 06 de setembro, de uma palestra sobre o Movimento Slow Food. A palestra foi ministrada pelo facilitador do Movimento da Região Centro-Oeste, Jean Marconi.

A palestra foi iniciada com a apresentação de algumas das frutas do cerrado, como pequi, buriti, jatobá e cagaita, incluídas na lista da Arca do Gosto, que é um projeto do Slow Food que tem como finalidade catalogar ingredientes bem como modos de preparo ameaçados de extinção nas diferentes regiões brasileiras.

Entre os pontos abordados, Jean apontou que o Slow Food segue o conceito da Ecogastronomia, na medida em que reconhece as fortes conexões que existem entre o prato e o planeta. Por isso, o Movimento apoia um modelo de agricultura menos intensivo, mais saudável, sustentável e com base no conhecimento das comunidades locais.

O Slow Food

 O Slow Food foi criado na Itália, no final doa anos 80, por Carlo Petrini e defende que todos têm o direito fundamental ao prazer de comer bem e, consequentemente, a responsabilidade de proteger a herança culinária, bem como as tradições que tornam possível esse prazer. O Movimento defende ainda que o alimento bom, justo e limpo. Bom para o consumidor. Justo para o produtor. E limpo para o meio ambiente. Atualmente está presente em mais de 150 países e conta com mais de 100 mil associados.

Fim do conteúdo da página