Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Riacho Fundo > Campus recebe mais de 70 empresários de Panificação do DF e entorno
Início do conteúdo da página

Campus recebe mais de 70 empresários de Panificação do DF e entorno

Criado: Sexta, 13 de Abril de 2018, 18h50 | Publicado: Sexta, 13 de Abril de 2018, 18h50 | Última atualização em Sexta, 13 de Abril de 2018, 20h05 | Acessos: 731

 O Campus Riacho Fundo do Instituto Federal de Brasília (IFB) abriu suas portas nesta manhã de sexta-feira, 13 de abril, para receber mais de 70 empresários do setor de Panificação do Distrito Federal. A proposta foi fazer uma ponte entre o setor econômico com a educação profissional. Na avaliação de gestores, empresários e dos alunos o evento foi de pleno sucesso.

“Foi um desafio realizarmos uma ação desta envergadura e o resultado foi excelente. Recebemos empresários do Distrito Federal e entorno, de Goiás e até de Minas Gerais – que conheceram o sistema de nosso ensino. Primamos pela postura, o conceitual e a prática e o mercado necessita de profissionais assim. Este é um dos nossos papéis, de indicar mobilidade sócio-econômico”, disse o Prof. Sérgio Gomes, diretor-Geral do Campus.

O pró-reitor de Pesquisa e Extensão do IFB em exercício, Rodrigo Alfani, reforçou que a iniciativa do campus de apresentar para o mercado do trabalho a estrutura e a qualidade dos professores e dos profissionais que o Instituto forma estimula vários desdobramentos. “É um ótimo exemplo, que gera oportunidades para nossos alunos de estágio, de emprego para nossos egressos, acordos de cooperação técnica e desenvolvimento de pesquisas”, citou.

Os empresários também concordaram com a iniciativa. Para Ricardo Rodrigues Cavalcante,  empresário da Padaria Padoca da Esquina e membro conselho gestor do Campus Riacho fundo, a ação iniciou um elo entre os demandantes e o Instituto.

“Fantástica iniciativa. O Brasil precisa deste tipo de interação. Nosso País só vai evoluir através da Educação e para que ela avance precisamos de inovações em todas as áreas. O que vimos é que o que é feito aqui pode ser replicado no mundo real como negócio”, comentou Fernando Oliveira, do aplicativo Epadoca.com.

Após palestras e diálogos, o público pode degustar um lanche especial. Os ingredientes foram doados por alguns empresários e a confecção ficou a cargo dos estudantes, sob a supervisão dos professores.

“Eu pude verificar – durante três dias de preparativos – todo cuidado prático que os alunos tiverem. Do visual ao paladar. Estão de parabéns. Esta parceria vai ao encontro do que acreditamos”, destacou a empresária Perpétua Crispim, da Rich's.

O empresário Antônio Carlos, da Panificadora Isadora – da região do Itapoã – também comentou sobre o encontro dos empresários promovido pelo Campus. “É enorme o déficit de profissionais que as panificadoras de Brasília têm. Há muitos profissionais defasados, que não aceitam as regras da vigilância sanitária e não se reciclam. O que vimos aqui é exatamente ao contrário. Indico que todos os empresários conheçam o que o Instituto oferece. Essa é uma ponte entre nós e os recém-formados que podemos contratar”, disse.

O Governo já deixou tudo pronto, agora é alavancarmos a instituição com as parcerias”, opinou Igor Pessamilio, especialista em layout funcional em alavancagem de vendas da empresa Lesfri e um dos parceiros do encontro.

Para a Profa. Marilene Teodoro, coordenadora do curso Técnico em Panificação e Confeitaria, o evento foi a realização de um sonho. “É a parceira ideal, a que resulta em oportunidades para nossos alunos”, falou.

Os estudantes que participaram concordam. “Foi o reconhecimento do que estudamos e produzimos”, disse a aluna Gislaine Vital, de Panificação e Confeitaria.

“O evento foi perfeito para os dois lados – para os empresários e para nós.  Foi maravilhoso ver o público admirar o que fizemos e saborear elogiando”, comentou ainda Samira Guimarães, aluna de Cozinha.

 Mais fotos no Flickr do IFB

 

 

Fim do conteúdo da página