Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Riacho Fundo > Campus Riacho Fundo canta parabéns hoje pela sua cidade! Veja depoimentos
Início do conteúdo da página

Campus Riacho Fundo canta parabéns hoje pela sua cidade! Veja depoimentos

Criado: Quarta, 13 de Março de 2019, 12h46 | Publicado: Quarta, 13 de Março de 2019, 12h46 | Última atualização em Quarta, 13 de Março de 2019, 17h52 | Acessos: 425

 A região administrativa do Riacho Fundo I completa 29 anos nesta quarta-feira, 13 de março, e o Instituto Federal de Brasília (IFB) orgulha-se de estar há quase oito anos abrigando ali uma de suas Unidades mais hospitaleiras. A localização central do campus na cidade favorece  a participação nas atividades e as programações abertas à comunidade – tanto nas comemorações letivas como em cursos de formação inicial e continuada. Também são ofertadas palestras, oficinas e minicursos para toda a comunidade.

O Campus Riacho Fundo do IFB tem mais de 1.500 alunos em cursos técnicos de Ensino Médio, Subsequente e de PROEJA (Educação de Jovens e Adultos) nas áreas de Cozinha, Panificação, Bar e Restaurante e Hospedagem, além de cursos superiores de Tecnologia em Gastronomia e licenciaturas em Geografia e Letras-Inglês e uma pós-graduação em Ensino de Humanidades e Linguagem. O campus também oferece cursos de formação rápida, como de Agente de Recepção e Reservas em Meios de Hospedagem, Informática e Língua Brasileira de Sinas (Libras). E toda a oferta da Educação Profissional do IFB é gratuita.

Trajetória do campus 

Desde a implantação do Campus Riacho Fundo do IFB em agosto de 2011, ainda em uma sede provisória, muitos projetos foram concretizados e resultaram em conquistas importantes para a população do Riacho Fundo. Hoje, o campus conta com 9 cursos regulares, que vão do Ensino Médio à Pós-Graduação, além de cursos mais rápidos, EaD e projetos de extensão. Com um número expressivo de estudantes que são moradores do Riacho Fundo, os cursos concentram-se no eixo tecnológico Turismo, Hospitalidade e Lazer. Em 2018, foi formada a primeira turma dos cursos técnicos em Cozinha e Hospedagem integrados ao Ensino Médio – ainda nessa área, o mais novo curso é o de Tecnologia em Gastronomia, iniciado em 2019. Em diálogo com o eixo, o campus também atua de forma expressiva na formação de professores, com as licenciaturas em Letras/Inglês, Geografia e com a Pós-Graduação em Ensino de Humanidades e Linguagens. Para se ter uma ideia da dimensão da importância dessa atuação, durante a seleção da pós-graduação em 2018, foi batido o recorde de seleção – a mais concorrida da história do campus, com 1200 candidatos para 40 vagas. No primeiro semestre de 2019, será lançado um novo edital para a seleção da turma de 2019.

Atuação profissional

Dialogando com o mundo do trabalho, o Campus Riacho Fundo auxilia assim a expansão da economia da Capital Federal como um dos maiores polos nacionais de eventos, centro gastronômico e de hospedagem. Os espaços favorecem a convivência entre estudantes e professores e contam com laboratórios técnicos, cozinhas industriais, quartos que simulam empreendimentos de hotelaria e até um estúdio bar/restaurante para estimular experiências das atividades do setor. 

Além do acervo tradicional, a Biblioteca conta com uma ‘Aromateca’ – um banco de referência de especiarias e temperos para consulta do público. Dessa forma, o campus pode cumprir sua missão institucional de atuar em prol do desenvolvimento sustentável e regional, contando com um grupo de professores extremamente qualificado e expoente em suas áreas de pesquisa,

Como uma autarquia que contribui também com a Ciência e a Tecnologia, o Campus Riacho Fundo do IFB possui seis grupos de Pesquisa com 11 áreas de estudos. Entre as ações voltadas para a comunidade de Brasília, o campus lidera, uma vez por ano – durante o ConectaIF –, competições gastronômicas, como as modalidades IFChef e IFPan. Essas iniciativas estão entre as que mais atraem o público de cerca de 70 mil pessoas que passam pelo evento organizado pelo IFB, no centro da Capital Federal. 

Nesta data, nada pode ser mais importante do que comemorar a cidade do Riacho Fundo em um campus acadêmico repleto de boas vibrações.

Feliz Aniversário, Riacho!

Confira depoimentos sobre o que professores, estudantes e ex-alunos têm a dizer sobre a vivência na cidade e no Instituto.

"Já morei no Riacho Fundo, e é uma cidade bastante movimentada com barzinhos e agitos. Minha filha ainda estuda lá e gosta muito. Descobri o curso de Cozinha no Instituto e realmente me encantei com as possibilidades do mundo da Gastronomia. Hoje vejo o IFB como um presente para a cidade do Riacho Fundo, abrindo caminhos profissionais para muitos jovens". Fabiana Silva, ex- aluna do IFB e atual auxiliar em cozinha no restaurante Olivae.

"O Riacho Fundo tem uma longa história na produção de alimentos, desde a década de 1970, quando descendentes de japoneses começaram a produção de hortifruti na região. Acredito que essa característica, somada ao espírito jovem e empreendedor do morador do Riacho, contribui para que os cursos da área de gastronomia ofertados pelo nosso campus tenham sempre ampla concorrência e estejam se tornando, cada vez mais, referência na formação dos profissionais críticos e reflexivos sobre o papel do profissional que atua na área. Parabéns, Riacho!". Ana Paula Caetano Jacques, professora do curso Técnico em Cozinha.

"A população do Riacho se faz presente nas aulas do IFB; é algo muito motivador, como moradora da região. É possível perceber a importância do campus na formação de nós, estudantes – tanto pela vivência pessoal como pelos resultados em crescimento profissional". Alice Gabrielle Castro, estudante do campus.

"É muito gratificante ver como os cursos do IFB ampliam horizontes aos alunos do Riacho Fundo, possibilitando desde oportunidades de emprego em hotéis de Brasília, a partir de parcerias feitas pelo campus, até o ingresso de muitos alunos na UnB e em outras universidades públicas e privadas". Thiago de Faria e Silva, professor de História e Coordenador da Pós-Graduação em Ensino de Humanidades e Linguagens

 "Cheguei em 2015 e moro há quase quatro anos na cidade do Riacho Fundo. Minha experiência é muito positiva na cidade. Acho a região extremamente organizada. O  que mais me encanta é a disponibilidade de todos os serviços que preciso estarem bem próximos da minha residência e do campus". Clóvis Meireles, professor de Língua Portuguesa que atua hoje no curso de Letras.

 

 

 

 

Fim do conteúdo da página