Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Samambaia > Lançamento do IFactory é destaque na Seacitec
Início do conteúdo da página

Lançamento do IFactory é destaque na Seacitec

Criado: Segunda, 11 de Junho de 2018, 19h00 | Publicado: Segunda, 11 de Junho de 2018, 19h00 | Última atualização em Segunda, 11 de Junho de 2018, 19h11 | Acessos: 470
Durante a Semana de Ciência e Tecnologia (Seacitec) do IFB Campus Samambaia foi lançado o projeto IFactory. A proposta consiste em oferecer um ambiente de práticas inovadoras, em um  espaço experimental multidisciplinar para professores e alunos, se baseia em projetos focados na aprendizagem centrada no aluno. O aprendizado é promovido por meio de um espaço colaborativo, cooperativo e inovador com práticas que visam a resolução de problemas reais trazidos pela sociedade.
 
Desta ideia de incentivar professores e alunos a aprender através do desenvolvimento de projetos reais, o IFactory - Ambiente de Práticas Inovadoras surgiu com força total na Semana de Ciência do Campus. O objetivo do IFactory é ligar prática e teoria, a fim de desenvolver competências de trabalho e competências humanas.
 
Dentro da metodologia do projeto é importante pontuar alguns aspectos. A estrutura organizacional da IFactory é horizontal. Neste caso, todos os membros têm o mesmo direito de expressar suas opiniões e tem praticamente as mesmas responsabilidades dentro do ambiente. Neste tipo de hierarquia o aluno não é um agente passivo,  ele/ela é um agente ativo e responsável por suas ações. Através desta cultura e organização, o aluno é livre para discutir problemas ambientais e projetos de forma livre entre os seus colegas (professores e alunos). Os alunos e os professores trabalham de forma colaborativa, como uma equipe, e fazer parte disto é motivador para todos os envolvidos. 

O trabalho é fruto da capacitação realizada pela professora Paula Schlemper de Oliveira, no programa Professores para o Futuro, iniciativa do MEC e do CNPq, na University of Applied Sciences (Hamk), na Finlândia. "A inauguração do espaço foi muito bacana! Aconteceu dentro desse contexto de apresentação de trabalhos científicos e de iniciativas inovadoras", explica ela. 

A aprendizagem baseada em projetos é uma estratégia certa para transformar as salas de aula tradicionais de cabeça para baixo, incentivando os alunos a aprender por projetos do mundo real e perseguir suas próprias perguntas para criar o seu próprio significado. Parte da motivação para conduzir essas mudanças na educação vem do mundo do trabalho que procuram candidatos que sabem como trabalhar em equipe, se adaptar às mudanças, acessar e analisar informações, e pensar de forma criativa para resolver problemas (citação de BOSS e KRAUSS, 2014).

 Além do apoio de docentes e alunos do Campus Samambaia, o IFactory IFB conta também com o apoio de uma rede formada pelo IFactory IFS - Campus Lagarto e o LEDS (Laboratório de de Educação no Desenvolvimento Soluções) - IFES.

 O espaço físico e mobiliários utilizados no IFactory, com exceção das cadeiras, fazem parte do projeto piloto e, foram todos criados e confeccionados pela equipe  composta por professores e alunos das áreas de Movelaria e Edificação, do Campus Samambaia.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página