Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > São Sebastião > Capacitação de Mulheres em Campo no IFB São Sebastião é concluída com certificação
Início do conteúdo da página

Capacitação de Mulheres em Campo no IFB São Sebastião é concluída com certificação

Criado: Quarta, 07 de Novembro de 2018, 17h31 | Publicado: Quarta, 07 de Novembro de 2018, 17h31 | Última atualização em Quarta, 07 de Novembro de 2018, 18h10 | Acessos: 185

Na última terça-feira (06/11), o Campus São Sebastião do Instituto Federal de Brasília (IFB) promoveu a certificação das estudantes que concluíram a Capacitação de Mulheres em Campo, parceria entre o campus e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Distrito Federal (Senar/DF). O curso foi voltado para fomentar o empreendedorismo e a geração de negócios de base rural por mulheres.

A capacitação é parte integrante do projeto de extensão "Enfrentamento à violência contra as mulheres por meio do empoderamento e qualificação de profissionais viveiristas", coordenado pelo professor Robson Caldas, do Núcleo de Estudos Agroecológicos (NEA).

 Durante a cerimônia de encerramento, foram destacadas as ações desenvolvidas pela parceria entre IFB e SENAR-DF por meio do projeto de extensão ao longo de 2018, como o curso de Formação Inicial e Continuada (FIC) de Viveiricultora e as capacitações em construção de cisternas de ferrocimento e em construção de viveiros, além da capacitação de Mulheres em Campo, bem como as ações previstas para 2019 pela parceria.

Os cursos e as ações de extensão do NEA possibilitaram que “o Campus São Sebastião seja reconhecido no Distrito Federal como referência no atendimento a demandas nas áreas de Agricultura e Meio Ambiente, mesmo não sendo os eixos tecnológicos do campus, o que somente se conseguiu por meio de parcerias como as que temos com o Senar-DF”, opinou o diretor-geral do Campus São Sebastião do IFB, Fernando Barbosa.

O mobilizador Edvan de Oliveira reforçou o papel do IFB no apoio ao cumprimento do papel do SENAR-DF em atender os produtores rurais por meio de qualificação profissional. A professora Juliana Sousa, instrutora do SENAR-DF na capacitação, destacou ainda a qualidade da turma formada e a disposição das mulheres em empreender.

Ao final da certificação, houve a promoção da Feirinha da Mulheres em Campo, local onde as estudantes expuseram seus produtos para a comunidade, tais como doces, pães, kombucha, sabões, mudas de plantas medicinais, artesanato e alimentos orgânicos.

Fim do conteúdo da página