Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > São Sebastião > Alunos do curso “Cuidador de Idosos” do Campus São Sebastião participam de audiência pública no Senado Federal
Início do conteúdo da página

Alunos do curso “Cuidador de Idosos” do Campus São Sebastião participam de audiência pública no Senado Federal

Criado: Sexta, 19 de Outubro de 2012, 21h08 | Publicado: Sexta, 19 de Outubro de 2012, 21h08 | Última atualização em Quinta, 05 de Dezembro de 2013, 12h22 | Acessos: 1817

Nessa quinta-feira, 18 de outubro, alunos do curso “Cuidador de Idosos” do Campus São Sebastião do Instituto Federal de Brasília participaram de uma audiência pública, no Senado Federal, que tratou do tema “Nove anos do estatuto do Idoso”. A professora Vera Carvalho, que acompanhava os alunos, foi convidada a fazer parte da mesa de debate, que contou com representante do Conselho Nacional do Idoso e do Sindicato dos Aposentados, pesquisadores de diferentes instituições, como IPEA e UNB, entre outros participantes, além dos senadores João Costa e Eduardo Suplicy, que coordenaram os trabalhos.

A professora Vera destacou a importância de se cumprir o item 6 do artigo terceiro do estatuto do idoso – “Garantia  de capacitação e reciclagem dos recursos humanos nas áreas da geriatria e na prestação de serviços aos idosos”. Segundo a docente, o IFB irá além de capacitar cuidadores de idosos por meio de Formação Inicial. O objetivo é que o Instituto se envolva com outros setores da sociedade que trabalham para a melhoria da qualidade de vida do idoso, a fim de iniciarem um trabalho envolvendo toda a comunidade. “O Primeiro passo foi sair em busca de parcerias”, contou. Entre outras instituições, mencionou  o Conselho Distrital do Idoso,  a Central Judicial do Idoso e  a Associação Brasileira de Geriatria.

 

“Hoje, quem nos procura para fazer o curso de cuidador são pessoas que não têm formação na área da saúde. Muitas delas têm apenas o ensino fundamental. Foi então que decidimos planejar para o próximo ano um curso técnico na modalidade PROEJA, de forma a garantir que aqueles que fizeram a Formação Inicial possam optar por continuar seus estudos”, explicou. A professora Vera Carvalho  finalizou, dizendo que o IFB se coloca à disposição para receber todos que desejam estabelecer uma parceria para fazer valer o que está escrito no Estatuto do Idoso.

Fim do conteúdo da página