Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Portuguese Portuguese
pt Portugueseen Englishes Spanish
Página inicial > Espaço do Estudante > Notícias > Estudantes do EMI e Proeja receberão auxílio-alimentação
Início do conteúdo da página

Estudantes do EMI e Proeja receberão auxílio-alimentação

Criado: Quinta, 23 de Março de 2023, 11h32 | Publicado: Quinta, 23 de Março de 2023, 11h32 | Última atualização em Quinta, 23 de Março de 2023, 11h33 | Acessos: 4749
imagem sem descrição.

O ano letivo do Instituto Federal de Brasília começa com mais uma boa notícia para os estudantes da educação básica (ensino médio integrado e Proeja) de todos os campi do IFB. Esses alunos receberão este primeiro auxílio de R$ 155/mês entre abril e maio.

Os recursos para este ano são oriundos de emendas parlamentares da bancada federal do Distrito Federal (DF).

Durante esse período de concessão do auxílio, o IFB dará início ao processo de licitação para contratação de cantinas prevendo a oferta de alimentação. O objetivo para os próximos anos é que todos os campi possuam infraestrutura adequada para oferecer alimentação escolar, em substituição ao auxílio-alimentação.

“Com o apoio de toda a comunidade acadêmica e de parceiros externos, estamos conseguindo avançar nesta demanda histórica: a alimentação dos estudantes. Embora ainda longe do modelo ideal, é o pontapé inicial para discutirmos uma política de alimentação escolar para o IFB”, destacou a reitora, Luciana Massukado, que tem articulado com a rede federal, com o Ministério da Educação e com o Congresso Nacional a obtenção de recursos adequados e específicos para a alimentação escolar”.

Conselho SuperiorNessa terça-feira (21), a alimentação escolar foi tema de debate no Conselho Superior do IFB, com falas unânimes em defesa da iniciativa e de variadas sugestões de como o Instituto Federal de Brasília pode avançar.

 

Cronograma de Ações

2023/1

  • Alteração pontual da Política de Assistência Estudantil inserindo a previsão de ações de alimentação escolar.
  • Pagamento de auxílio-alimentação aos estudantes da Educação Básica (EMI e Proeja).
  • Realização de estudos técnicos para projeção de alterações arquitetônicas nas cantinas.

2023/2

  • Contratação e início de reformas/ adequações físicas nas cantinas e melhoria das estruturas para produção de alimentos.
  • Elaboração da Política de Alimentação Escolar.

2024/1

  • Aprovação da Política de Alimentação Escolar.

2024/2025

  • Conclusão das adequações físicas das cantinas.
  • Contratação de cantinas para fornecimento de alimentação produzida na própria escola.
registrado em:
Fim do conteúdo da página