Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Portuguese Portuguese
pt Portugueseen Englishes Spanish
Página inicial > Reitoria > Orçamento 2023: Bancada federal destina R$ 21,1 milhões para IFB
Início do conteúdo da página

Orçamento 2023: Bancada federal destina R$ 21,1 milhões para IFB

Criado: Sexta, 16 de Dezembro de 2022, 07h19 | Publicado: Sexta, 16 de Dezembro de 2022, 07h19 | Última atualização em Sexta, 16 de Dezembro de 2022, 12h57 | Acessos: 1838

O Instituto Federal de Brasília (IFB) vai receber R$ 21,1 milhões a mais no orçamento de 2023, fruto de emendas da bancada federal do Distrito Federal (DF). Os recursos foram indicados pelos deputados federais Professor Israel (PSB), Érika Kokay (PT), Paula Belmonte (Cidadania), Bia Kicis (PL) e Flávia Arruda (PL) e pela senadora Leila Barros (PDT).

Os recursos captados pela gestão visam recompor o orçamento de custeio da instituição, investir em modernização tecnológica e em infraestrutura e desenvolver projetos e ações institucionais de ensino, pesquisa, inovação e extensão que beneficiarão estudantes, professores, técnicos e comunidade externa.

“Pelo quarto ano consecutivo o IFB é reconhecido pelos atuais parlamentares, recebendo um montante expressivo de recursos para continuarmos avançando com nossa missão transformadora por meio da educação pública. Em 2023, ano que completaremos 15 anos, daremos um passo em frente como instituição nota máxima: contemplaremos a alimentação para os estudantes do ensino médio integrado e do Proeja”, destacou a reitora do IFB, Luciana Massukado. Diversos modelos estão sendo estudados pela Reitoria.

A reitora lembrou que o orçamento de 2023 enviado pelo governo federal, em tramitação no Congresso Nacional, traz um corte de 9% em relação a 2022, além de desconsiderar a inflação do período. “Mais uma vez, graças à emenda, a bancada federal recompõe recursos fundamentais para a manutenção de empregos de terceirizados e para o bom funcionamento dos dez campi e da Reitoria em benefício dos estudantes e da população do DF”, explicou Luciana.

 

Confira o detalhamento das emendas abaixo:

- Recomposição da PLOA 2023: R$ 3 milhões (Érika Kokay, Paula Belmonte e Bia Kicis)

- Ações institucionais de funcionamento: R$ 2 milhões (Érika Kokay, Paula Belmonte e Bia Kicis)

  1. Tecnologia da Informação e Comunicação: R$ 700 mil
  2. Combate à evasão escolar: R$ 250 mil
  3. Projeto Saúde Emocional: R$ 250 mil
  4. Formaturas: R$ 100 mil
  5. IFB Sem Fronteiras: R$ 300 mil
  6. Nugedis: R$ 100 mil
  7. Neabis: R$ 100 mil
  8. Minha Biblioteca: R$ 200 mil

 

Professor Israel

- Programa Emergencial de Alimentação: R$ 3,5 milhões

- Equipamentos Centros de Formação Tecnológica (CFTs): R$ 2 milhões

- Espaço para alimentação estudantil: R$ 2,5 milhões

 

Érika Kokay

- Projeto Qualificação Trabalhadores Setor Alimentação (Riacho Fundo): R$ 300 mil

- Saúde da Mulher e Empreendedorismo (Ceilândia): R$ 200 mil

- Mandala Agroecologia (Planaltina): R$ 150 mil

- Fábrica Social de Energia: R$ 1 milhão

 

Paula Belmonte

- CFTV - IFB Mais Seguro / etapa II: R$ 2 milhões

- Jogos do Instituto Federal de Brasília (JIFB) 2023: R$ 460 mil

- Abatedouro de aves (Planaltina): R$ 1,7 milhão

- Fábrica de ração (Planaltina): R$ 390 mil

 

Leila Barros

- Reforma ginásio: R$ 1 milhão

 

Flávia Arruda

- ConectaIF 2023: R$ 898 mil

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página