Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Portuguese Portuguese
pt Portugueseen Englishes Spanish
Página inicial > Samambaia > IFB Campus Samambaia participa de oficina prática no GPRAM do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal
Início do conteúdo da página

IFB Campus Samambaia participa de oficina prática no GPRAM do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal

Criado: Terça, 18 de Junho de 2024, 14h43 | Publicado: Terça, 18 de Junho de 2024, 14h43 | Última atualização em Quarta, 19 de Junho de 2024, 14h56 | Acessos: 168

O Instituto Federal de Brasília (IFB), Campus Samambaia, e o Coletivo Boca da Mata participaram de uma oficina prática no Grupamento de Proteção Ambiental (GPRAM) do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), com o tema “Os incêndios florestais e o processo de fabricação dos abafadores para o combate aos incêndios florestais”, no dia 14 de junho.

A oficina foi uma ação proposta pelo GPRAM-CBMDF a partir da 1ª Oficina de Gestão do Fogo nos Parques do Distrito Federal, realizada há cerca de um mês, promovida pelo Instituto Cerrados. O encontro contou com a presença de vários órgãos, como o Instituto Brasília Ambiental (IBRAM), Secretaria do Meio Ambiente e Proteção Animal do DF (SEMA-DF), Universidade de Brasília (UnB), Instituto Federal de Brasília (IFB), o Coletivo Boca da Mata e outros.

Na oficina de 14/6, oferecida pelo GPRAM, estiveram presentes alunos do curso integrado Técnico em Design de Móveis, alunos do curso superior Tecnologia em Design de Produtos, servidores terceirizados do IFB Campus Samambaia Zuleide da Silva Teixeira Venceslau, Ezequiel Maia da Conceição e  Wesley Pereira da Silva; e os engenheiros florestais Frederico de Souza (professor do IFB e membro do Coletivo Boca da Mata) e Kennedy Nunes (mestrando em Ciências Florestais da Universidade de Brasília).

Os participantes receberam uma breve instrução sobre os equipamentos de proteção individual utilizados pelos combatentes, sobre os dispositivos de combate aos incêndios florestais (abafadores, sopradores e bomba costal) e sobre a atuação do CBMDF nas ações de prevenção e combate aos incêndios florestais. 

A oficina não foi só teórica. Os participantes praticaram sobre a técnica correta de utilização dos abafadores, sopradores, da bomba de água costal, além de estratégias de caminhada e troca de equipamentos, simulando uma ação de combate a um incêndio em uma unidade de conservação. Os participantes puderam acompanhar todo o processo de fabricação dos abafadores empregado pelo CBMDF: corte da borracha lonada, furações e montagem do cabo à borracha. 

Ao final da oficina, o GPRAM/CBMDF doou 10 abafadores ao Coletivo Boca da Mata e ao IFB para compor os equipamentos da brigada voluntária que auxilia o combate dos incêndios no Parque Distrital do Boca da Mata.

Apesar de a oficina ter acontecido há poucos dias, os abafadores doados pelo GPRAM já foram utilizados pela brigada voluntária do Coletivo Boca da Mata para o combate a três incêndios no Parque Distrital Boca da Mata, em Samambaia - DF. 

Fim do conteúdo da página