Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Portuguese Portuguese
pt Portugueseen Englishes Spanish
Página inicial > Reitoria > Rede Federal é destaque na principal avaliação da educação básica do mundo
Início do conteúdo da página

Rede Federal é destaque na principal avaliação da educação básica do mundo

Criado: Quinta, 08 de Dezembro de 2016, 14h30 | Publicado: Quinta, 08 de Dezembro de 2016, 14h30 | Última atualização em Sexta, 09 de Dezembro de 2016, 16h02 | Acessos: 116303

Divulgados, na última terça-feira, 6 de dezembro, os resultados do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA), realizado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), apontam que, se fosse um país, a Rede Federal estaria entre os primeiros colocados nas áreas analisadas.

O Pisa testa os conhecimentos de matemática, leitura e ciências de estudantes de 15 anos de idade. A avaliação é feita a cada três anos e cada aplicação é focada em uma das áreas. Em 2015, o foco foi em ciências, que concentrou o maior número de questões da avaliação.

 

Em ciências, a Rede Federal recebeu 517 pontos, bem acima da média do Brasil – que soma as notas obtidas pelos estudantes das redes Federal, Estadual e Particular – que foi de 401. Se fosse um país, a Rede Federal teria ficado na 11.ª colocação, à frente de países como Coreia do Sul, Estados Unidos e Alemanha.

Já em Leitura, a pontuação da Rede Federal – 528 pontos – seria suficiente para deixa-la na segunda colocação entre os 70 países e territórios analisados, ficando atrás apenas de Singapura. Em matemática, a nota da Rede foi 488, bem acima da média geral do Brasil, que foi 377 pontos.

Para o reitor do Instituto Federal de Brasília (IFB), Wilson Conciani, o relatório de PISA mostra que os Institutos Federais são referência em educação para todo o Brasil. “A pesquisa confirma que a Rede Federal faz parte do grupo de elite da educação mundial. Outro dado que merece destaque é que, nas últimas três edições da pesquisa, pulamos de 50 mil alunos matriculados para mais de um milhão, ou seja, a Rede Federal seguiu crescendo em quantidade de vagas, sem perder a qualidade”, analisa Conciani.

 

A Pesquisa

No total, participaram da edição do ano passado 540 mil estudantes que, por amostragem, representam 29 milhões de alunos dos países participantes. O PISA é considerado a principal avaliação de educação básica do mundo e incluiu os 35 países-membros da OCDE, além de 35 economias parceiras, como o Brasil. No país, participaram 23.141 estudantes de 841 escolas.

Acesse aqui os Resultados do PISA 2015.

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página