Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Portuguese Portuguese
pt Portugueseen Englishes Spanish
Página inicial > Reitoria > Encontro Pedagógico: Sielski defende Fundo da EPCT
Início do conteúdo da página

Encontro Pedagógico: Sielski defende Fundo da EPCT

Criado: Sexta, 04 de Fevereiro de 2011, 13h50 | Publicado: Sexta, 04 de Fevereiro de 2011, 13h48 | Última atualização em Quinta, 05 de Dezembro de 2013, 10h22 | Acessos: 2249

A  reitora do Instituto Federal de Santa Catrina (IFSC), Consuelo Aparecida Sielski, defendeu nesta sexta-feira, 4, a criação de um “Fundo Nacional da Educação Profissional” para financiar essa modalidade de formação. Ela falou também sobre a expansão da Rede Federal de Educação Profissional Científica e Tecnológica (EPCT) e sua consolidação como política pública.

Reitora do IFSC no 1º Encontro PedagógicoSegundo a reitora, os Institutos Federais precisam ser efetivados como uma política de Estado que não se sujeite a mudanças bruscas com as trocas de governo. Consuelo tratou do assunto ao participar do 1º Encontro Pedagógico 2011 do Instituto Federal de Brasília (IFB), que ocorre nesta sexta-feira na Universidade Corporativa dos Correios.

Apresentando uma linha do tempo, a reitora mostrou a evolução da EPCT citando as diversas transformações na década de 1990 e o que ela chamou de  “grande conquista” no ano de 2005. Nesse ano iniciou-se o atual processo de expansão da Rede, com a  publicação da lei 11.195, que permitiu a criação de unidades de ensino profissional em vários pontos do País.

Ela mostrou dados sobre a formação de mão de obra no Brasil que apontam um total 50 milhões de jovens com baixa escolaridade e sem formação profissional adequada. Comparando os números, Consuelo enfatizou que a Rede Federal atende, atualmente, cerca de 500 mil estudantes, por isso a necessidade de se manter a expansão.

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página