Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Reitoria > Membros de comissões internas serão escolhidos via SUAP
Início do conteúdo da página

Membros de comissões internas serão escolhidos via SUAP

Criado: Quarta, 22 de Mai de 2019, 17h00 | Publicado: Quarta, 22 de Mai de 2019, 17h00 | Última atualização em Quarta, 22 de Mai de 2019, 17h00 | Acessos: 471

Os próximos representantes das Comissões Própria de Avaliação (CPA), Permanente de Pessoal Docente (CPPD) e Interna de Supervisão (CIS) deverão ser escolhidos por meio de votação eletrônica, via Sistema Unificado da Administração Pública (SUAP). O objetivo é otimizar o processo de escolha das três comissões internas de assessoramento do Instituto Federal de Brasília (IFB). O edital com as regras do processo de escolha e cronograma serão elaborados pela comissão eleitoral e divulgado em breve.

O processo só não será 100% digital no caso da CPA, em que o segmento discente deverá eleger seus representantes em assembleias locais nos campi. “A escolha por meio digital agiliza e reduz custos, além de manter a lisura do processo, uma vez que o acesso é individualizado por servidor com uso de senha”, destacou o reitor do IFB, Wilson Conciani, em reunião com a comissão eleitoral nessa terça-feira (21). 

CPA — composta por técnicos administrativos, docentes e discentes eleitos pela comunidade acadêmica, além de representantes da sociedade civil organizada, a CPA  atende a determinações da Lei nº 10.861, de 2004, que institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES. De acordo com a legislação, todas as instituições de ensino do país que mantêm cursos superiores devem ter comissões para coordenar e articular o próprio processo de avaliação interna. 

CPPD — composta por docentes eleitos pelos seus pares com o objetivo de prestar assessoramento na formulação e acompanhamento da execução da política de pessoal docente da instituição, tais como dimensionamento de vagas, contratação de professores efetivos e substitutos, liberação para afastamento e outras atividades previstas na Lei 12.772, de 28 de dezembro de 2012.

CIS — órgão de assessoramento composto por três servidores técnico-administrativos eleitos pelos seus pares, que tem por finalidade acompanhar, orientar, fiscalizar, avaliar e supervisionar a implementação do Plano de Carreira dos TAEs no âmbito da instituição, conforme estipula portaria do Ministério da Educação http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/canalcggp/portarias/pt251905.pdf.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página