Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Portuguese Portuguese
pt Portugueseen Englishes Spanish
Página inicial > Reitoria > IFB e Secretaria de Saúde do Distrito Federal renovam parceria de ensino de Libras
Início do conteúdo da página

IFB e Secretaria de Saúde do Distrito Federal renovam parceria de ensino de Libras

Criado: Sexta, 16 de Outubro de 2020, 18h00 | Publicado: Sexta, 16 de Outubro de 2020, 18h00 | Última atualização em Sexta, 16 de Outubro de 2020, 18h28 | Acessos: 486

O Instituto Federal de Brasília (IFB) e a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) reforçam parceria, existente desde 2019, para o ensino da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) a servidores da saúde, objetivando o atendimento humanizado. 300 servidores já estão sendo capacitados pelo IFB. O primeiro hospital contemplado foi o Hospital Regional de Taguatinga (HRT).

O curso, que visa facilitar a comunicação entre profissionais da saúde e pessoas com surdez, teve início no último dia 11, e conta com os módulos básico, intermediário e avançado em Libras, tendo duração de 1 ano, com 60 vagas. Este ano conta com um novo módulo de conteúdo programático focado em metodologia específica para a área de atendimento ao público. As aulas estão sendo ministradas de forma remota, devido à pandemia, pelo professor Leandro Torres, que é surdo.

Leandro é mestrando em Estudo da Tradução pela Universidade de Brasília (UnB) e é professor do IFB Campus Taguatinga. Segundo ele, a intenção é possibilitar uma formação didática, inclusiva e humanizada que permita aos profissionais da saúde estabelecer uma comunicação através da Libras com as pessoas com surdez.

Em reunião realizada no Dia do Professor (15), o Pró-Reitor de Extensão e Cultura do IFB, Paulo Henrique Sales Wanderley, reafirmou o compromisso do Instituto de estender o curso completo de Libras (módulos básico e intermediário) para o Hospital Regional de Samambaia (HRSAM) e para as Unidades Básicas de Saúde coordenadas pelo Hospital. O início do curso no hospital tem previsão para a primeira semana de novembro.

O HRSAM afirma seu compromisso em fazer com que o curso não tenha desistências e que o maior quantitativo de servidores seja capacitado nos 12 meses de duração do curso. Em resposta, o IFB amplia a oferta com a abertura de mais duas turmas, de 30 vagas cada.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página