Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Riacho Fundo > Aula inaugural de Cozinha é tradição que movimenta campus
Início do conteúdo da página

Aula inaugural de Cozinha é tradição que movimenta campus

Criado: Segunda, 18 de Fevereiro de 2019, 08h22 | Publicado: Segunda, 18 de Fevereiro de 2019, 08h22 | Última atualização em Quinta, 21 de Fevereiro de 2019, 10h02 | Acessos: 346

Já virou tradição. Todo começo de semestre, os alunos das turmas de Cozinha do Campus Riacho Fundo fazem uma visita técnica à Ceasa. “Se não há cozinheiro sem ingredientes, como destaca o chefe Alex Atala, não há ingredientes sem produtor, complementa a professora de Habilidades Básicas 2 e Ambientação Profissional Ana Paula Jaques do IFB. "Fazemos questão de trazer os alunos à feira para que possam entender os processos relacionados à produção de alimentos no Distrito Federal. O melhor lugar aqui é a Ceasa, onde os nossos alunos e futuros cozinheiros entram em contato com os produtores. Nesse sentido, sempre privilegiamos ingredientes frescos e sazonais nas cozinhas do IFB durante as nossas aulas".

A professora Juliana de Andrade Rocha Gonçalves, de Panificação e Confeitaria do IFB, destaca ainda a necessidade de integração entre as diversas disciplinas do curso. "A atividade possibilita essa dinâmica e enriquece o aprendizado dos alunos, inclusive para que eles percebam a diversidade de uma feira. É uma excelente oportunidade de os alunos interagirem e estabelecerem redes com os produtores", afirma. A professora Victoria Reis, professora de Higiene e Segurança Alimentar, também do IFB, ponderou aspectos sob o olhar da alimentação orgânica e da sustentabilidade e deu ênfase ao Guia Alimentar para a População Brasileira, orientado pelo Ministério da Saúde. A visita foi acompanhada ainda pelo chefe de cozinha Francisco Ansiliero, empresário do ramo e dono do restaurante Dom Francisco frequentador da Ceasa há mais de 30 anos.

O reitor do IFB,  Wilson Conciani, também prestigiou a visita dos alunos e acompanhou as turmas no box do chefe e produtor Léo Hamu, que se destaca com suas preparações tradicionais, como a carne na lata. A aluna Aline de Araújo Frasão comemorou a visita, pois, além de saber a origem e conhecer os produtores, pôde conhecer a dinâmica da feira. "São muitos aprendizados importantes para um cozinheiro", disse, animada. Os alunos ainda conheceram o caso de sucesso da ex-aluna do IFB Maria Madalena, que se formou como técnica em Agropecuária e hoje possui um bom mercado de agricultura familiarela comercializa diversos produtos à base de frutos nativos do cerrado.

Fim do conteúdo da página