Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > São Sebastião > Alunas do Campus São Sebastião participam de evento da NASA
Início do conteúdo da página

Alunas do Campus São Sebastião participam de evento da NASA

Criado: Terça, 22 de Outubro de 2019, 10h01 | Publicado: Terça, 22 de Outubro de 2019, 10h01 | Última atualização em Terça, 22 de Outubro de 2019, 17h02 | Acessos: 408

 Nos dias 18, 19 e 20 de outubro, aconteceu o evento NASA International Space Apps, um hackathon promovido pela incubadora da NASA. Foram mais de 1000 participantes, que se reuniram em 135 equipes contendo no máximo 5 participantes já formados em alguma área de conhecimento, como design, computação, engenharia, biologia, negócios, entre outros. Em 48 horas essas equipes buscaram encontrar as soluções para diversos problemas propostos pela NASA.

 Nessa edição houve uma diferença: alunos do Ensino Médio de escolas públicas do DF foram convidados a participar e a compor as equipes do hackathon. Alunas dos campi São Sebastião, Estrutural e Gama do IFB que participaram do projeto TIC TAC foram convidadas.

 No primeiro dia, foram realizados a abertura e o credenciamento das equipes; depois, foram dois dias de intensas atividades e trabalhos, que as alunas puderam compartilhar com as equipes. Algumas equipes das quais alunas do IFB/São Sebastião participaram foram finalistas, ficando entre as 20 selecionadas para a segunda fase.

 Entre as finalistas estava a equipe do projeto Smart Collect, de que a aluna Sara Santos participou.  Nesse projeto, a ideia principal foi a de criar um filtro de alumínio com sensor para não deixar que o lixo entre nos bueiros, prevenindo, assim, as enchentes que ocorrem todos os anos nas cidades brasileiras.

 Outro projeto que passou para a segunda fase foi o da equipe em que a aluna Lara Cardozo estava inserida. Essa equipe, que tratou da doença de Alzheimer, propôs uma pulseira para a localização de um ente querido, se ele viesse a se perder, com a possibilidade, também, de localizar a família, no caso de alguém encontrar essa pessoa. Várias outras alunas estiveram em projetos classificados para a segunda fase.

 Além do evento principal, ainda havia estandes, como o da embaixada americana, que, por meio de quizzes, movimentou os participantes em momentos de diversão e conhecimento. Houve distribuição de vários prêmios.

 

Fim do conteúdo da página