Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Portuguese Portuguese
pt Portugueseen Englishes Spanish
Página inicial > São Sebastião > IFB-São Sebastião e SENAR-DF concluem a capacitação de Mulheres em Campo
Início do conteúdo da página

IFB-São Sebastião e SENAR-DF concluem a capacitação de Mulheres em Campo

Criado: Quinta, 05 de Dezembro de 2019, 17h26 | Publicado: Quinta, 05 de Dezembro de 2019, 17h26 | Última atualização em Quinta, 05 de Dezembro de 2019, 20h37 | Acessos: 396

Na última terça-feira (05/12), o Instituto Federal de Brasília — IFB/Campus São Sebastião promoveu a certificação das estudantes que concluíram a Capacitação de Mulheres em Campo em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Distrito Federal (SENAR/DF).

 O curso foi voltado para desenvolver modelos de negócios de base rural a serem promovidos por mulheres. A capacitação é parte integrante do projeto de extensão "Enfrentamento à violência contra as mulheres por meio do empoderamento e qualificação de profissionais viveiristas" do Núcleo de Estudos Agroecológicos (NEA).

 Trata-se da segunda turma do curso realizado no IFB-São Sebastião. A professora do SENAR-DF Juliana Sousa destacou o belo trabalho das estudantes materializado na Feirinha das Mulheres em Campo realizada uma semana antes, em 26/11, com produtos como geleias, tinturas medicinais, bolos de pote, sabões e sabonetes artesanais, queijos, pomadas com plantas medicinais, biscoitos, brigadeiro de biomassa de banana, dentre outros.

 O Diretor-Geral, Robson Caldas, coordenador do projeto de extensão, e o Coordenador de Projetos Especiais do SENAR-DF, Ademar Junior, frisaram que este ano serviu para consolidar a parceria entre IFB e SENAR-DF, a qual contou com turmas no Campus Planaltina (curso de cisternas de ferrocimento) e no Campus São Sebastião (cursos de tecnologia alternativa de solocalcimento, de construção de viveiro e de castelo d’água de ferrocimento).

 A expectativa é de que um novo Plano de Trabalho seja celebrado em 2020 e mais cursos possam ser ofertados para produtores e trabalhadores rurais, estudantes e comunidade em geral!

 
Fim do conteúdo da página