Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Portuguese Portuguese
pt Portugueseen Englishes Spanish
Página inicial > Espaço do Servidor > Notícias > Por trás do crachá: estágio que transforma a vida de Júlia Alves
Início do conteúdo da página

Por trás do crachá: estágio que transforma a vida de Júlia Alves

Criado: Quinta, 21 de Outubro de 2021, 12h00 | Publicado: Quinta, 21 de Outubro de 2021, 12h00 | Última atualização em Quinta, 21 de Outubro de 2021, 14h45 | Acessos: 592

O dia da estudante do Ensino Médio Integrado à Informática do IFB Campus Brasília é bem planejado. Júlia Belo Alves,18 anos, acorda por volta das 8 horas da manhã. Toma café, se arruma, e às 11h30 sai para pegar o BRT do Gama para a Rodoviária do Plano Piloto. De lá, ela ainda precisa pegar mais um ônibus para ir até a L2 Norte. 

Atualmente, além de estudar no IFB, ela também está estagiando no Instituto, na  Coordenação de Tecnologia da Informação (CDTI), mais especificamente na área de manutenção de hardware e suporte de redes. 

Júlia comenta que teve contato com a vaga para estágio não obrigatório através de um edital publicado no portal do IFB. “Me inscrevi. tinha uma prova on-line e eu passei”, esclarece. 

A rotina de estágio começa às 13h. Ela conta que, se no momento em que chegar houver algumas tarefas como arrumar computadores, formatar, atualizar planilhas ou resolver algo de outro campus, ela faz. 

Para Júlia, o ambiente de trabalho no IFB é muito receptivo. Tem o apoio do seu supervisor, que se demonstra muito paciente e prestativo, e fez amizades com outras estagiárias, mesmo de maneira remota.  

“Está fácil acompanhar e aprender coisas novas. A minha parte favorita é a experiência e o aprendizado que estou adquirindo aqui”, afirma. 

O início de uma futura carreira profissional 

Estagiários são peças fundamentais para a sociedade. Júlia tem noção disso e usa o tempo de estudos e do seu primeiro estágio da vida para fazer a diferença no seu futuro. Mas, além disso, ela também é uma jovem com muitos sonhos e desejos.  

Mais do que um estágio da adolescência, a área de Manutenção de Hardware e Suporte tornou-se um grande objetivo para ela. Tudo o que tem aprendido diariamente a estudante usa para alcançar e criar uma carreira na área de informática. Júlia pretende se especializar e criar uma rede de networking, que vai fazer a diferença na sua vida. 

“Uma das coisas que eu mais almejo é ter minha independência financeira e pensar que o que estou fazendo hoje é uma construção do que eu quero conseguir no futuro. Isso me ajuda a continuar motivada”, conta. 

O apoio incondicional da família

Os estudos e o estágio no IFB só fazem com que Júlia Alves invista mais em si mesma. Em momentos livres, gosta de estudar assuntos pelos quais esteja interessada. Mas também, tira um tempo para ler, jogar, assistir a filmes e séries com os amigos ou com a própria família, que é uma das inspirações da sua vida. 

Ela conta que sua família sempre a apoia. A mãe, no início, foi um pouco resistente à ideia de Júlia estudar e trabalhar, mas depois entendeu que esse era o futuro da filha. “No final, ela sempre me ajudou pra facilitar um pouco”, relata. 

A estudante conclui o ensino médio no final deste ano. Ela comenta que teve algumas dificuldades de estudos em 2020 e 2021, mas que tem esperança de as coisas melhorarem para ela e para todos.

Por trás do crachá

Em comemoração ao Dia do Servidor, comemorado em 28 de outubro, estamos publicando uma série de reportagens para contar a história de colaboradores, servidores, professores e estagiários. Toda quinta-feira, você tem um encontro com a gente para conferir quem é esse servidor do IFB e os impactos positivos que ele causa no seu ciclo familiar e profissional. 

 

Para conferir as demais reportagens, clique abaixo:

Por trás do crachá: lecionar sempre esteve no sangue do professor Castelo
Por trás do crachá: uma xícara de café que transborda a alegria de Dilminha

E acompanhe aqui a programação completa do Mês dos Servidores Públicos.

registrado em:
Fim do conteúdo da página