Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Portuguese Portuguese
pt Portugueseen Englishes Spanish
Página inicial > Planaltina > Campus Planaltina reúne alunos e representante do MDA para uma conversa sobre projeto de Ensino e Extensão
Início do conteúdo da página

Campus Planaltina reúne alunos e representante do MDA para uma conversa sobre projeto de Ensino e Extensão

Criado: Quinta, 10 de Outubro de 2013, 09h30 | Publicado: Quinta, 10 de Outubro de 2013, 09h30 | Última atualização em Quinta, 05 de Dezembro de 2013, 10h22 | Acessos: 1317

 

Na manhã da última terça-feira, 8 de setembro, o Campus Planaltina do Instituto Federal de Brasília (IFB) realizou uma  reunião do projeto do Curso de Tecnologia em Agroecologia "Um Enfoque no Ensino e na Extensão", coordenado pela professora Vânia Pimentel. O objetivo do projeto é trabalhar o envolvimento dos estudantes em comunidades rurais, realizando diagnósticos rurais participativos de agroecossistemas.

Eugênio Ferrari e Vânia Pimentel (ao fundo) se reúnem com estudantes participantes do projeto

Durante o desenvolvimento do projeto, de caráter inter e multidisciplinar, os alunos tiveram a  oportunidade de manter contato com a comunidade de pequenos agricultores e assentametos. O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) esteve representado na reunião pelo agrônomo Eugênio Ferrari, que mencionou o interesse em avaliar o andamento do projeto realizado pelo IFB, conhecer as experiências  que os alunos tiveram e saber o que isso acrescentou para o ensino desses universitários.

 

"Estou encarregado pelo MDA de fazer avaliação do projeto coordenado pela professora Vânia, no sentido de saber o que esse projeto de extensão trouxe de contribuição  para os estudantes  que participaram e  o que trouxe na aproximação do Instituto  com as comunidades  do entorno", explica Ferrari.

 

Rodrigo Soares, aluno do 6° semestre de Agroecologia, falou sobre a importância e sobre a experiência de ter participado do projeto. "É de extrema importância pela aproximação de pessoas que vem desenvolvendo um trabalho mais participativo com  interdisciplinaridade  efetiva  e valorizando a troca de saber com os agricultores. Eu particpei da elaboração do PDA (Plano de Desenvolvimento do Assentamento Pequeno Wiliam). O interessante foi me  aproximar dos agricultores,  conhecer  o olhar  deles  com a terra e poder levar a parte técnica da Agroecologia para esses agricultores".

 

"Essa experiência foi muito enriquecedora, do ponto de vista do Curso de Agroecologia, pois trouxe um novo olhar sobre essas vivências a campo, pois estamos podendo repensar o nosso currrículo a partir das necessidades práticas dos agricultores", explicou a coordenadora do projeto. "E o projeto não acabou! Uma turma já finalizou os trabalho em campo  e agora mais duas turmas de Agroecologia estão particpando em outras comunidades", finaliza Vânia Pimentel.

Fim do conteúdo da página