Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Portuguese Portuguese
pt Portugueseen Englishes Spanish
Página inicial > Recanto das Emas > Professora Recanto ganha prêmio de melhor curta-metragem em festival
Início do conteúdo da página

Professora Recanto ganha prêmio de melhor curta-metragem em festival

Criado: Segunda, 05 de Outubro de 2020, 18h33 | Publicado: Segunda, 05 de Outubro de 2020, 18h33 | Última atualização em Segunda, 05 de Outubro de 2020, 18h33 | Acessos: 456

No dia 04 de outubro de 2020, o júri da 25ª edição do É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários apontou como melhor curta-metragem brasileira “Filhas de Lavadeiras”, de Edileuza Penha de Souza (foto ao lado), diretora de cinema e professora do IFB Campus Recanto das Emas.

 

O evento tem grande importância no mundo das artes cinematográficas, pois abre janelas para outros festivais; por exemplo, os vencedores são automaticamente inscritos para disputar nominação ao Oscar nas modalidades não ficcionais de curta e longa-metragem.

 

Narrando histórias de mulheres negras que, graças ao trabalho árduo de suas mães, puderam ir para a escola e refazer os caminhos trilhados por suas antecessoras, a obra versa, de acordo com os jurados, sobre “a luta de um grupo de heroínas que ganharam a guerra contra a desigualdade".

 

Na cerimônia de premiação, a curta-metragem, além do Troféu É Tudo Verdade, recebeu o Troféu Canal Brasil pelo prêmio Aquisição Canal Brasil de Incentivo à Curta-Metragem. Assim, a curta, em breve, estará na programação do canal homônimo.

 

Para a professora, receber tais honrarias significa muito para sua carreira, dada a importância para o mundo da arte cinematográfica, mas, sobretudo, para as mulheres negras que participam do filme. “Cinema é a arte do coletivo!”, afirma. Agradece à equipe de filmagem, às entrevistadas, a Jamile Coelho por fazer ponte entre a produção e a TV E da Bahia, que disponibilizou cenas do filme “Lavadeiras do Abaieté”, e a Everlane Moraes pelas cenas do seu filme  El Reflexo.  Destaca que é a primeira mulher negra a receber o troféu de melhor curta do festival, abrindo caminho para as próximas.

 

A curta está disponível até hoje para visualização no canal de YouTube do Fórum Brasileiro de Ensino de Cinema e Audiovisual (FORCINE): https://www.youtube.com/watch?v=SG_h7wbTPa4    

Fim do conteúdo da página